Container

Atendimento via Telefone

(53) 3271.0002
(53) 99141.3295

Endereço Centro de Eventos

Av. Pinheiro Machado, 3390/BR - 116
Dist. Industrial - Pelotas - RS - 96040500

CDL Pelotas

R. Félix da Cunha, 765 Centro - Pelotas - RS
(53) 3284-8699 - cdlpelotas@cdlpelotas.com.br

Para uma grande plateia, um doce espetáculo

Todos os direitos reservados Fenadoce 2016

Plataforma Portais Eletrônicos

Identifique-se

Painel de Controle

Mala Direta

Por dentro

Corte 2018 - Conheça a candidata Rafaela Loureiro Leite Krolow

Publicado 14/09/2017 14:58

A partir de hoje você poderá conhecer um pouco das 20 candidatas à corte da Fenadoce 2018. Cada uma delas respondeu a três perguntas idênticas em que foram questionadas sobre a sua participação no concurso e também a sua relação com Pelotas e a Fenadoce.

1) O que motivou você a se candidatar para o Concurso da Corte?
O que motivou a minha candidatura para o Concurso da Corte foi à vontade de representar a Fenadoce e a cidade de Pelotas, porque essa feira significa muito mais que só o doce, ela é a mistura de cultura, tradição, história e futuro da nossa cidade. Queria mostrar para as pessoas o orgulho e o que tem de melhor aqui, falar sobre onde tudo começou, como o doce surgiu na nossa cidade e de que forma ele se tornou único.

 

2) Neste ano o concurso foca em escolher uma rainha que represente a bondade através dos seus atos. Como você busca isso na sua vida no dia a dia?Acho que tudo deve-se iniciar com um sorriso, até com uma pessoa que você não conhece, porque as vezes esse simples gesto pode mudar o dia de alguém. Também estou sempre disposta a ajudar os outros, aliviando as angústias com uma conversa ou com as experiências e técnicas que tenho da minha futura profissão. Faço parte de projetos sociais do Fonte de Luz, ajudando as pessoas mais necessitadas com doação de alimentos, roupas, material escolar e brinquedos para as crianças e dando carinho e atenção aos mesmos, mas principalmente aos idosos que se encontram no Asilo da cidade, os quais há um ano atrás comecei a ter contato, que muitas vezes são abandonados por suas famílias e que precisam somente de atenção e cuidado. Além disso, é tão gratificante ver que você pode aliviar o sofrimento e mudar a vida de alguém, com um simples gesto ao se colocar no lugar do próximo, mudando o sentimento de tristeza para alegria.

 

3) Qual a sua ligação com Pelotas e a Fenadoce?
Nasci em Pelotas e fui criada em meio aos costumes locais. Quando passei um ano e meio fora jogando, pude perceber o quanto estava ligada com minha cidade natal, e como ela se fazia presente nos meus dias, fora a falta que sentia de todo ambiente e energia daqui. Retornei com uma visão diferente, do quanto à cidade é linda, como é única a mistura do passado e presente em todos os cantos. Desde pequena ia à Fenadoce e ficava encantada com a corte, como eles faziam a história estar presente nos corredores da feira e do jeito que o futuro se misturava com o passado, mostrando que Pelotas por mais que se inove, a tradição e a cultura vão estar sempre presentes em cada cidadão daqui.

 

4) Qual a sua lembrança mais marcante da Fenadoce?
A lembrança que vem na minha mente quando penso em Fenadoce é da minha família se reunindo para passar o dia juntos na feira, ver as atrações, a corte e os pavilhões, trazendo sempre doces de recordação aos familiares que não puderam ir.

Fonte: Reverso Comunicação Integrada

Compartilhe

Delicious Digg Google Bookmarks Mixx MySpace Reddit Sphinn StumbleUpon Technorati RSS